Club Setubalense TERTÚLIA DA CULTURA CIENTIFICA
Audiência: Avós e Pais dedicado aos Netos


Projectos:


 Cancelado  :  [12-29 21h]   Cancelado         Cancelado         Cancelado       Cancelado     Cancelado         Cancelado    
29 Dezembro 21horas REENCONTRO UNIVERSITÁRIO DE SETÚBAL
TERTÚLIA DOS UNIVERSITÁRIOS QUE DE FÉRIAS SE ENCONTRAM EM SETÚBAL Dez 2005

 


FÍSICA
 Escola
 Concelho
Exames
Média
1
Escola Secundária Bocage Setúbal
15
173,4
2
Escola Secundária Camões Lisboa
12
172,7
3
Colégio Nossa Senhora do Rosário Porto
13
170,6
4
Escola Secundária Pedro Nunes Lisboa
12
165,2
5
Colégio Luso-Francês Porto
14
163,4
308
Escola Básica e Secundária de Santa Cruz Santa Cruz
15
56,9

1ª FÍSICA. Esc. Secundária de Bocage (Setúbal)  http://online.expresso.clix.pt/dossiers/ranking2005/tab_fis.asp
Em Física, foi a Escola Secundária de Bocage, em Setúbal, que atingiu a primeira posição, com uma média de exame de 17,3 valores, quase seis
valores acima da média nacional naquela prova. Na tabela nacional, a escola sadina ficou em 32.º lugar, subindo do 46.º posto que ocupava em 2004.
http://semanal.expresso.clix.pt/1caderno/pais.asp?edition=1721&articleid=ES196173
http://semanal.expresso.clix.pt/foto/default.asp?id_artigo=ES196173&imagem=F4-P181  1ª FÍSICA. Esc. Secundária de Bocage (Setúbal)   Fernanda Machado Pinto Violante

 


- Astrobocage
Núcleo de Astronomia da Escola Secundária de Bocage, Setúbal  

Cancelada: => Palestra:  O céu no tempo de Bocage

Luís, António, Ana 

Responsável: Dra.Filomena Rodrigues ; Professora de Física na Escola Secundária de Bocage, Setúbal   Email:astrobocage@hotmail.com

Astrobocage

 


IPS


Clínica de Internet. O Club Setubalense promove durante o mês de Junho
a partir das 21horas às quintas-feiras uma Clínica de Internet para
proceder ao esclarecimento de todas as dúvidas que possam ter os
sócios e familiares  exemplificando-se procedimentos tirando partido
da infra-estrutura de WI-FI existente na sede do Club na Av. Luisa
Todi 99 1º . Trata-se de mais uma actividade da Tertúlia de Cultura
Cientifica com o apoio da  Escola Superior de Tecnologia de Setúbal.

 



por Doutor Maarten Roos Serote
Unidade de I&D
 Área Científica de Física
 Unidades de I&D no Distrito de Lisboa




Endereço: TAPADA DA AJUDA
1349-018 LISBOA
Telefone: 213616739
Fax: 213616752
URL: http://www.oal.ul.pt
Email: ruiag@oal.ul.pt
 


Equipa de Investigação [27]

Integrados [4]

Nome Grau
Académico
 
Categoria
Profissional
%
tempo
Carlos Paulo Da Câmara Crawford Do Nascimento AGREGAÇÃO PROFESSOR AUXILIAR 50
João Lin Yun AGREGAÇÃO PROFESSOR ASSOCIADO 50
Maarten Roos Serote DOUTORAMENTO INVESTIGADOR AUXILIAR 100
Rui Jorge Lourenço Santos Agostinho DOUTORAMENTO PROFESSOR AUXILIAR 50

 


Centro de Astronomia e Astrofísica

Coordenador Científico: Rui Jorge Lourenço Santos Agostinho

 UNIVERSIDADE DE LISBOA-FACULDADE DE CIÊNCIAS - Fundação da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa

O Padre Himalya: um pioneiro da Energia Solar  Manuel Collares Pereira / INETI
"Brincando com a Física" Prof. Doutor Orlando Teodoro (FCT/UNL)

http://spf.pt/ Contacto:Dr. Eduardo Gomes 217993665  eduardo.gomes@spf.pt
As marés no Oceano Joaquim Dias
As ondas e o Surf Isabel Ambar
O que é o tempo Rui Agostinho
http://yagoohoogle.com/

Nuno Crato

Carlos Fiolhais

Constança Providença

 

E-mails : 
    tcarlos@teor.fis.uc.pt

    cfiolhais@netcabo.pt
Tel. 351 - 239 410624
Fax. 351 - 239 829158
Mobile 351 - 96 7083225

http://nautilus.fis.uc.pt/~cfiolhais
Veja o portal de ciência http://www.mocho.pt

http://ltodi.est.ips.pt/joseper/
Membro da equipa de investigação do projecto PRAXIS XXI, FCT/BPD/2203/99 e FCT PNAT/1999/EEI/15052, intitulado "Monitorização Global com Sensores Inteligentes para Avaliação da Qualidade do Ambiente", financiado por um período de 3 anos.
Projecto de Revisão do Sistema de Controlo da Fábrica / SAPEC
Sistema de Controlo Distribuído no Processo / INAPA
Ensaiador Automático do Rádio Large Bezel 3000 / FORD Electronics
Contabilização e Gestão de Energia Baseado num Sistema de Supervisão / PORTUCEL

http://www.est.ips.pt/



Associação Juvenil de Ciência critica a forma de ensinar e deixa pistas de mudança É preciso despertar “espírito crítico”
É preciso despertar “espírito crítico”O Primeiro de Janeiro, Portugal

O presidente da Associação Juvenil de Ciência criticou a forma demasiado expositiva como a ciência é ministrada no ensino secundário, defendendo que se deve apostar em despertar o “espírito crítico” dos alunos.
“A Ciência é vista apenas como matéria para teste. As turmas são enormes, os programas muito extensos e expositivos, os alunos desmotivam-se. O importante é desenvolver nos jovens o espírito crítico, não as teorias, o conhecimento em si, mas a forma como se chega a eles”, defendeu David Sobral, estudante de Física na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. O presidente da AJC falava à margem da sessão de abertura do XXIV Encontro Juvenil de Ciência, que reúne, até 9 de Setembro, em Coimbra, cerca de seis dezenas de estudantes, sobretudo do ensino secundário, oriundos de todo o País. Ao intervir na cerimónia, o presidente do Conselho Científico do Departamento de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra destacou a importância da Ciência para o desenvolvimento económico, frisando que um outro “valor intrínseco” desta actividade reside no prazer do conhecimento.
“Se a Ciência tem um valor que é reconhecido socialmente de forma unânime, que é o seu papel como motor da economia, há um outro valor intrínseco da Ciência, pelo prazer que dá conhecer as coisas, saber como funcionam a Natureza, as máquinas”, afirmou José António Paixão. Por seu turno, ao discursar na cerimónia de abertura do evento, o presidente da AJC lançou um apelo a entidades oficiais e empresas para apostarem na estrutura.

----------------------------

Encontro   Organização  Organizado pela AJC, o encontro compreende a apresentação de trabalhos pelos participantes, palestras de investigadores e cientistas, sessões práticas em diversas áreas e visitas a várias instituições. A AJC tem como fim a promoção e difusão de actividades científicas, culturais e educacionais entre as mais jovens.


Presidente de Associação Juvenil critica ensino da Ciência
O presidente da Associação Juvenil de Ciência (AJC) criticou hoje a forma demasiado expositiva como a ciência é ministrada no ensino secundário, defendendo que se deve apostar em despertar o «espírito crítico» dos alunos.

Presidente de Associação Juvenil critica ensino da CiênciaDiário Digital, Portugal - Aug 31, 2006

«A Ciência é vista apenas como matéria para teste. As turmas são enormes, os programas muito extensos e expositivos, os alunos desmotivam-se. O importante é desenvolver nos jovens o espírito crítico, não as teorias, o conhecimento em si, mas a forma como se chega a eles», defendeu David Sobral, estudante de Física na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

O presidente da AJC falava à Agência Lusa à margem da sessão de abertura do XXIV Encontro Juvenil de Ciência, que reúne, até 9 de Setembro em Coimbra, cerca de seis dezenas de estudantes, sobretudo do ensino secundário, oriundos de todo o país.

Ao intervir na cerimónia, o presidente do Conselho Científico do Departamento de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra destacou a importância da Ciência para o desenvolvimento económico, frisando que um outro «valor intrínseco» desta actividade reside no prazer do conhecimento.

«Se a Ciência tem um valor que é reconhecido socialmente de forma unânime, que é o seu papel como motor da economia, há um outro valor intrínseco da Ciência, pelo prazer que dá conhecer as coisas, saber como funcionam a Natureza, as máquinas», afirmou José António Paixão.

Diário Digital / Lusa

31-08-2006 13:30:00


Jovens «investigadores» reúnem-se amanhã na Universidade de Coimbra Discutir e fazer ciência

Cerca de 80 jovens, entre os 15 e os 23 anos, vão encontrar-se na Universidade de Coimbra, durante a realização do XXIV Encontro Juvenil de Ciência, da Associação Juvenil de Ciência, para partilhar experiências e participar num imenso conjunto de actividades.

Discutir e fazer ciênciaO Primeiro de Janeiro, Portugal - Aug 28, 2006

Paula Alexandra Almeida

O XXIV Encontro Juvenil de Ciência, organizado pela Associação Juvenil de Ciência, que decorrerá de 30 de Agosto a 9 de Setembro e é organizado pela Associação Juvenil de Ciência, reunirá em Coimbra jovens cientistas de todo o País e ainda alguns representantes internacionais, para além de alguns dos melhores cientistas portugueses.
O Encontro consta de diversas actividades, desde palestras com investigadores e docentes de primeiro plano no panorama científico nacional, a grupos de trabalho de índole prática, em áreas tão distintas como Saúde, Matemática, Ambiente, Técnicas Aeroespaciais e Informática, incluindo ainda a apresentação dos trabalhos pelos participantes.
O programa visa também dar a conhecer a estes jovens um pouco da cidade e distrito de Coimbra, estando previstas visitas a indústrias, centros de investigação, mas também actividades de entretenimento.
A selecção dos participantes neste congresso científico, de características únicas em Portugal, é feita através da avaliação de um trabalho de carácter científico (teórico ou prático), que privilegia a criatividade e a inovação. É de realçar, por outro lado, a participação crescente de jovens estrangeiros, nomeadamente de organizações europeias e dos PALOP.
O primeiro Encontro Juvenil de Ciência decorreu em Setembro de 1983, tendo vindo a realizar-se ininterruptamente desde essa altura, nas cidades dos núcleos regionais da Associação Juvenil de Ciência.
A Associação Juvenil de Ciência é uma associação nacional, criada em 1987, de jovens interessados em Ciência, cujo principal objectivo é a promoção e difusão de actividades científicas, culturais e educacionais entre a camada mais jovem da população. Contando actualmente com mais de 1500 sócios oriundos das mais diversas regiões do país, possui núcleos regionais em Lisboa, Porto, Coimbra, Braga, Aveiro, Covilhã e Odemira.
Como sócios Honorários, a associação conta com a presença de várias figuras de destaque da cultura científica portuguesa, como Carlos Fiolhais, António Manuel Baptista, Henrique Leitão, Francisco Ferreira e Jorge Buescu.

------------------------
Palestras
Excelência
Dias de Figueiredo - Viagens no Ciberespaço, Manuel Fiolhais - De que são as coisas feitas?, Mário Simões - Adaptação e Aferição da Bateria de Avaliação Neuropsicológica, João Queiró - Onde fica o centro de Portugal?, Artur Valente - Química, Água e Indústria, Duarte Nuno Vieira - Perícias Médico-Legais e Forenses, Jorge Paiva - A Importância da Biodiversidade e Carlos Faro - Genética e Bioquímica.



Coimbra acolhe 24/o Encontro Juvenil de CiênciaCoimbra - A cidade de Coimbra vai acolher, entre os próximos dias 30 de Agosto e 9 de Setembro, o 24/o Encontro Juvenil de Ciência, evento que junta jovens cientistas dos 15 aos 23 anos.Os participantes são seleccionados mediante a apresentação prévia de trabalhos originais em qualquer área científica, posteriormente apresentados no decorrer das sessões e candidatos a prémios.Coimbra acolhe 24/o Encontro Juvenil de Ciência  Jornal Digital, Portugal - Aug 28, 2006

Pelo meio têm a oportunidade de interagir com os vários palestrantes convidados, conhecer alguns institutos científicos sediados na região e participar em inúmeras actividades práticas de aprendizagem e convívio.

Entre outras actividades, está prevista a realização de um «peddy paper», passeios nas serras de Vila Nova e Lousã, sessões de cinema e visitas ao Observatório Astronómico de Vila Nova, ao Instituto de Sistemas de Robótica, ao Centro de Ciência Viva e ao Grupo de Técnicas Aeroespaciais, em Mira. As palestras são abertas ao público.


31-08-2006  Patrícia Cruz Almeida    Todos juntos pela ciênciaTodos juntos pela ciência  As Beiras Online, Portugal 

Seis anos depois de ter decorrido em Coimbra, o Encontro Juvenil de Ciência voltou à cidade dos estudantes. Durante 10 dias, jovens cientistas vão trocar novas experiências. Seis anos depois de ter decorrido em Coimbra, o Encontro Juvenil de Ciência voltou à cidade dos estudantes. Durante 10 dias, jovens cientistas vão trocar novas experiências. Coimbra está a acolher, desde ontem e até 9 de Setembro, a 24.ª edição do Encontro Juvenil de Ciência (EJC). A iniciativa junta cerca de seis dezenas de estudantes, sobretudo do ensino secundário, oriundos de todo o país. Organizado pela Associação Juvenil de Ciência (AJC), o encontro compreende a apresentação de trabalhos pelos participantes, palestras de investigadores e cientistas, sessões práticas em diversas áreas, nas quais os jovens podem aprofundar as matérias que os interessam. Ao DIÁRIO AS BEIRAS André Lindo, aluno de Engenharia Física da Universidade de Aveiro e elemento da comissão organizadora do Encontro Juvenil de Ciência (EJC), disse que uma das vantagens destes encontros anuais é colocar os jovens das escolas secundárias a interagir com o mundo universitário. “Eles não têm qualquer ideia do que se faz na universidade e este tipo de iniciativas pode ajudá–los a descobrir o que podem vir a fazer no futuro”, sustentou. Além de todas as actividades científicas que estão previstas para os próximos dias, os jovens podem ainda conhecer o distrito. Entre outras actividades, está prevista a realização de um “peddy paper”, passeios nas serras de Vila Nova e Lousã, sessões de cinema e visitas ao Observatório Astronómico de Vila Nova, ao Instituto de Sistemas de Robótica, ao Centro de Ciência Viva e ao Grupo de Técnicas Aeroespaciais, em Mira. As palestras são abertas ao público. Ao intervir na cerimónia de abertura do encontro, José António Paixão, presidente do Conselho Científico do Departamento de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra destacou a importância da ciência para o desenvolvimento económico. No entanto, que um outro “valor intrínseco” desta actividade - “eventualmente o que assume maior importância” - reside no prazer do conhecimento. Na sessão de abertura foram também oradores o vereador da Cultura da Câmara Municipal de Coimbra, Mário Nunes, e uma representante da Agência Ciência Viva, Mónica Lobo. Despertar o espírito crítico O presidente da Associação Juvenil de Ciência (AJC) criticou ontem, em declarações à agência Lusa a forma demasiado expositiva como a ciência é ministrada no ensino secundário, defendendo que se deve apostar em despertar o “espírito crítico” dos alunos. “A Ciência é vista apenas como matéria para teste. As turmas são enormes, os programas muito extensos e expositivos, os alunos desmotivam–se. O importante é desenvolver nos jovens o espírito crítico, não as teorias, o conhecimento em si, mas a forma como se chega a eles”, defendeu David Sobral, estudante de Física na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.


27-08-2006  Jovens investigadores aprendem a fazer ciência

Jovens investigadores aprendem a fazer ciência  As Beiras Online, Portugal - Aug 27, 2006

Palestras, trabalhos em diversas áreas, visitas a indústrias e centros de investigação e algumas actividades de lazer integram o Encontro Juvenil de Ciência que arranca quinta–feira. Cerca de 80 jovens, entre os 15 e os 23 anos, vão encontrar–se na universidade, durante a realização do XXIV Encontro Juvenil de Ciência, para partilhar experiências e participar num imenso conjunto de actividades. Este evento, que decorrerá de 30 de Agosto a 9 de Setembro e é organizado pela Associação Juvenil de Ciência, reunirá jovens ‘cientistas’ de todo o país e ainda alguns representantes internacionais, para além de alguns dos melhores cientistas portugueses. O encontro integra inúmeras actividades, como é o caso da realização de palestras com investigadores e docentes de primeiro plano no panorama científico nacional; grupos de trabalho de índole prática, em áreas tão distintas como Saúde, Matemática, Ambiente, Técnicas Aeroespaciais e Informática; e apresentação dos trabalhos pelos participantes. O programa visa também dar a conhecer a estes jovens um pouco da cidade e distrito de Coimbra, estando previstas visitas a indústrias, centros de investigação, mas também diversas actividades de entretenimento. A selecção dos participantes neste congresso científico é feita através da avaliação de um trabalho de carácter científico (teórico ou prático), que privilegia a criatividade e a inovação. É de realçar, por outro lado, a participação crescente de jovens estrangeiros, nomeadamente de organizações europeias e dos PALOP. O primeiro Encontro Juvenil de Ciência decorreu em Setembro de 1983, tendo vindo a realizar–se ininterruptamente desde essa altura, nas cidades dos núcleos regionais da Associação Juvenil de Ciência. A Associação Juvenil de Ciência é uma associação nacional, criada em 1987, de jovens interessados em Ciência, cujo principal objectivo é a promoção e difusão de actividades científicas, culturais e educacionais entre a camada mais jovem da população. Contando actualmente com mais de 1500 sócios oriundos das mais diversas regiões do país, possui núcleos regionais em Lisboa, Porto, Coimbra, Braga, Aveiro, Covilhã e Odemira. Como sócios Honorários, a associação conta com a presença de várias figuras de destaque da cultura científica portuguesa, como Carlos Fiolhais, António Manuel Baptista, Henrique Leitão, Francisco Ferreira e Jorge Buescu.



OTLS’s: http://www.est.ips.pt/
0405060708----1112131415----1819202122----2526272829 5º, 6º ou 7º - Química e Materiais  10 e os 13 anos  – Prof. Pedro Almeida (DEM) e Prof.ª Susana Gonçalves (DSI)
0405060708----1112131415----1819202122----252627282910º, 11º ou 12ºCaracterização de Metais Caracterização de Metais – Prof.ª Mafalda Guedes (DEM)
0405060708----1112131415----1819202122----2526272829-8º ou 9º  Gincana Eléctrica 13 e os 14 anos. Gincana Eléctrica – Prof. Silviano Rafael (DEE)
0405060708----1112131415----1819202122----2526272829 12 e os 15 anos Engenharia Mecânica Assistida por Computador– Prof. Ricardo Baptista (DEM)
0405060708----1112131415----1819202122----2526272829 10º ou 11º  Experiências de Física no laboratório de Termodinâmica– Prof. José Lopes (DEM)
0405
060708----1112131415----1819202122----2526272829 10º, 11º ou 12ºFortaleza Digital Net-Control   Banha
0405060708----1112131415----1819202122----2526272829 10º, 11º ou 12º Construção de um receptor de rádio “tipo Galena” - Electrónica –– Prof. Moíses de Brito (DEE)
0405060708----1112131415
----1819202122----2526272829 10º, 11º ou 12º Construção de um amplificador de Som –” – Electrónica – Prof. Moíses de Brito (DEE)
0405060708----1112131415
----1819202122----2526272829  10º, 11º ou 12º Construção de uma fonte de alimentação – Electrónica Prof. Moíses de Brito (DEE)

 Entidade Organizadora: Gabinete de Promoção e Comunicação  Coordenação: Conselho Directivo
Gabinete de Promoção e Comunicação Delfina Baião Tel: 265 790 000  Fax: 265 721 869  E-mail: delfinabaiao.gpc#est.ips.pt

Desenvolver um conjunto de automatismos para controlar o acesso a “uma fortaleza” e para criar as condições necessárias no seu interior. Os exercícios a realizar incidem sobre os seguintes temas: colocação e interligação de diferentes tipos de sensores, programação de autómatos, controlo de luzes e outros dispositivos incluindo a criação de ambientes sonoros, desenvolvimento de interfaces gráficas e páginas web e acesso a sensores através da web.



 

http://www.mun-setubal.pt/noticias/default.asp?ID=1622

todos os que já apoiam projectos e que contribuem para o desenvolvimento de Setúbal, realçando o facto de a existência de mecenas em actividades que envolvem milhares de pessoas constituir um “contributo importante para aumentar a visibilidade e notoriedade das empresas patrocinadoras”.

Na sessão estiveram representadas as Águas de Portugal, as Águas do Sado, a Arte e Imaginação, o Banco Espírito Santo, a Castro Brothers, a C.N.E, a Educol, a Europrol, a Evicar Sul, a Fertagus, a FNAC, a Gonvarri, a Higisado, a Maré-Alta, a NautiFerreira, a Nautilus-Mar, os Armazéns Papéis do Sado, a Parmalat, a Portucel, a Refrige, a SIQ, a Socijoba, a Sopac, a Teodoro Gomes & Alho e a Tróia Cruze.
 


http://spectrum.ieee.org/
http://www.cienciapt.net
http://www.cienciahoje.pt/
http://www.cienciaviva.pt/home/
http://www.mocho.pt
http://www.vega.org.uk/
http://www.thalys.com/be/fr/a-propos/entreprise/materiel-roulant
http://www.ask.comoi
http://www.cac.es/
http://clube.spm.pt/index.php
http://mat.fc.ul.pt/pt/noticias/item/144
http://mat.fc.ul.pt/pt/noticias/item/229
https://empresaspt.telecom.pt/C12/ObservatórioSInfo/default.aspx
http://www.mc.ul.pt/mc/ea/cur.html#natureza
http://spot.sapo.pt/mailcorp.html